NO AR!

Toca Tudo

Com Flavio Barcellos

Mais de 1000 alunos participam de atividades de educação financeira no Sicoob Original

10 de Novembro de 2021 14:15

Num exercício prático do quinto e do sétimo princípio do cooperativismo – Educação,
Informação e Formação e Interesse pela Comunidade, respectivamente –, a Cooperativa
de Crédito Original, Sicoob Original, realizou, de 26 a 29 de outubro, atividades
voltadas à área da educação financeira. A programação, que seguiu os protocolos dos
órgãos de saúde em relação à Covid-19 e foi organizada no auditório Celso Deon
Lazzarotto – sede da cooperativa –, reuniu alunos do ensino médio da Escola de
Educação Básica Sóror Angélica e turmas do 9° ano da rede municipal de ensino. O
trabalho foi conduzido por uma equipe da própria cooperativa e o administrador e
palestrante Luiz Carlos Peretti.

A atividade, que envolveu mais de 1000 alunos, foi realizada em forma de palestra e
abordou, entre outros assuntos, temas como educação financeira, planejamento familiar,
juros, crédito, formas de aposentadoria e o funcionamento dos caixas eletrônicos.

Artêmio José Flach, presidente do conselho de administração do Sicoob Original,
lembra que esse trabalho faz parte da missão da cooperativa e, em médio e longo prazo,
contribui com a manutenção de uma sociedade educada financeiramente, com menos
problemas sociais e financeiros. Ele entende que a cooperativa, auxiliando nesse
processo, ajuda a desenvolver a economia local e garante a perenidade das atividades.

“Pessoas que têm melhor controle financeiro tem menos problemas e vivem melhor. A
sociedade ganha com isso”, acrescenta ele.

Comparando o momento e as oportunidades com 20 anos atrás, Flach visualiza um
grande potencial nos alunos. O presidente enxerga que eles têm a obrigação de fazer
melhor e produzir mais. “È acreditando nisso que o Sicoob Original investe na educação
financeira, busca entender as necessidades da sociedade e exercer os princípios do
cooperativismo”, observa.

Marciane Pagani e Marcos Henrique Nicolao, superintendente e gerente da agência São
Lourenço do Oeste, respectivamente, concordam que o trabalho na área da educação
financeira é fundamental e necessário. Segundo eles, o assunto, aos poucos, está
ganhando notoriedade e, inclusive, está sendo pautado para integral a grande curricular
nas escolas. “As pessoas, às vezes, entendem que educação financeira é apenas ter
economia. Isso é importante também, mas não é tudo”, observa a superintendente
relacionando o tema, por exemplo, ao planejamento do salário, limite de consumo,
planejamento e estratégias para alcançar sonhos e desejos. Com a experiência do dia a
dia, Marciane vê que a educação financeira condiciona as pessoas a serem mais
assertivas em seus investimentos.

Para o gerente da agência lourenciana, a soma de esforços entre escola e cooperativa
permite avanços importantes. Ele avalia que a parceria permite a construção de uma
sociedade mais estruturada e próspera. “Os valores e os princípios do cooperativismo,
como se sabe, estão em perfeita sintonia com o que se quer como norteadores de vida

para os jovens e também adultos desta nação. Quanto mais cooperativa for à nação,
mais próspera e justa ela será”.

Colaboração
Além de fomentar o aprendizado, a atividade com os alunos do 9° ano da rede

municipal de ensino fez com que mais de R$ 500 em moedas voltassem circular. Em
parceria com os professores, a cooperativa provocou os alunos a trocarem as moedinhas
por notas de papel ou aplicações. Os mascotes da cooperativa, “Milionário” e
“Fortuna”, também participaram de algumas atividades.

Fonte: SICOOB ORIGINAL

Recomendar correção

CORREÇÕES

voltar