NO AR!

Nova Manhã

Com Daiane

Vereador de Itajaí é conduzido pela polícia após ser acusado de atirar contra inquilina

Polícia Civil esteve na Câmara de Vereadores na tarde desta terça-feira (14) e conduziu o parlamentar até a casa dele

14 de Setembro de 2021 19:30

Uma polêmica tomou os corredores da Câmara de Vereadores de Itajaí nesta terça-feira (14). A Polícia Civil foi atrás do vereador Vanderley Dalmolin (MDB) após uma denúncia de que o parlamentar havia atirado contra uma inquilina.

Segundo informações da assessoria do vereador, repassadas à NDTV, a família de Dalmolin aluga uma casa e o inquilino não estaria pagando o aluguel. Dias depois de ter conversado com os inquilinos, uma pessoa atirou contra uma mulher que mora na casa. O tiro pegou de raspão na vítima.

A vítima, então, teria acusado o vereador de ter dado o tiro, em função da conversa anterior referente ao aluguel. A assessoria do vereador, no entanto, afirmou que não foi Dalmolin que deu o tiro, e que a acusação foi para “manchar a imagem dele”.

A polícia foi até a Câmara atrás do parlamentar, que foi levado até sua casa, onde os oficiais fizeram buscas. Não foi informado se algo foi encontrado.

O vereador voltou para a Câmara a tempo da sessão ordinária, às 16h. A assessoria do vereador deve se manifestar oficialmente, por nota, ainda nesta terça.

Fonte: ND + | Com informações do repórter Paulo Metling, da NDTV

Recomendar correção

CORREÇÕES

voltar