NO AR!

Raízes

Com Willian Dos Santos

Chape tropeça em casa e não assume a liderança da Série B

Verdão saiu na frente, mas Vitória empatou no segundo tempo com um gol de pênalti

17 de Outubro de 2020 21:00

A Chapecoense deixou passar a chance de assumir a liderança do Campeonato Brasileiro Série B. Em Chapecó, na Arena Condá, o Verdão empatou em 1 a 1 com o Vitória. A partida deste sábado (17) foi válida pela 16º rodada da competição. Os gols da partida foram marcados por Paulinho Mocellin e Thiago Carletto.

Em busca da vitória em casa, o técnico Umberto Louzer escalou o Verdão ofensivamente. Com quatro atacantes de origem –Aylon fez o papel do meio campo de ligação -, a Chape buscava o triunfo para sair da Arena Condá com a liderança. Mesmo com o poderio ofensivo, o Verdão não conseguiu criar oportunidades claras de ataque. No outro lado, o Vitória tentava chegar no gol de João Ricardo com a força da bola parada. Aos 4’, Thiago Carleto fez uma cobrança de falta ensaiada com Guilherme Rend e finalizou, mas o goleiro da Chape defendeu no meio do gol.

Os minutos passavam e a Chape se encontrava no jogo. No momento que o Verdão começava a dominar os lances do jogo, o time abriu o placar. Aos 23’, após erro na saída de bola do Vitória, Felipe Garcia tocou para Anselmo Ramon. O camisa ‘9’ da Chape lançou uma linda bola para Paulinho Moccelin, que finalizou no canto baixo de Ronaldo.

O gol da Chape animou o jogo e logo no lance seguinte o Vitória respondeu. Alisson Farias recebeu dentro da área no lado esquerdo, ele cortou para o meio e finalizou, mas a bola foi por cima do gol de João Ricardo. Segundo depois, em novo ataque da Chapecoense, Felipe Garcia dominou a bola e tocou para Anselmo Ramon que finalizou de primeira, a bola passou muito perto do gol do time baiano, mas foi para fora.

O jogo ficou mais equilibrado, mas o Verdão conseguiu controlar bem a vantagem. Quase no fim do primeiro tempo, a Chape conseguiu criar mais duas chances no ataque. Aos 42, Felipe Garcia roubou a bola e após troca de passes, Busanello finalizou, mas a bola foi para fora. No lance seguinte, novamente Felipe Garcia recebeu a bola no ataque, mas dessa vez ele tocou para Paulinho Moccelin, que dentro da área chutou por cima do gol do Vitória.

A melhor chance do Vitória no primeiro tempo aconteceu ao 45’. Leandro Silva recebeu a bola na direita e cruzou para a área da Chape. Alisson Farias apareceu entre os zagueiros e cabeceou forte, mas João Ricardo fez uma excelente defesa e mandou a bola para escanteio. Fim de primeira etapa na Arena Condá, Chapecoense 1, Vitória 0.

No início da segunda etapa o Vitória ficou mais com a bola. Mesmo com a posse, o time baiano não conseguia criar chances claras contra a Chape. Por outro lado, o Verdão fechado atrás, esperava erros do rival e contra-ataques para atacar. Aos 8’, William Oliveira lançou no ataque, a zaga do Vitória errou e Paulinho Moccelin ficou com a bola. O camisa ‘94’ entrou na pequena área e finalizou, mas ela foi para fora, muito perto do gol do Vitória.

Logo após entrar na partida, aos 15’, Juninho Quixadá fez boa jogada e foi derrubado na área por Felipe Garcia. O árbitro da partida marcou pênalti. O capitão do time Thiago Carletto foi para a bola e empatou a partida na Arena Condá.

O gol de empate do Vitória abalou a equipe da Chapecoense. O Verdão pouco conseguiu criar após os 15 minutos da segunda etapa. O time catarinense assustava o adversário em ataques esporádicos. Aos 26’, Lima recebeu a bola próximo a área do time baiano e finalizou, a bola saiu forte e rasteira, mas Ronaldo defendeu.

O Vitória dominou a partida depois da metade do segundo tempo. Aos 32’, após lindo passe de Thiago Carletto, Léo Ceará entrou na área, driblou João Ricardo, mas finalizou na rede, pelo lado de fora. A resposta do Verdão veio no lance seguido. Luiz Otávio lançou no ataque para Lucas Tocantins que finalizou, mas a bola foi desviada e Ronaldo defendeu.

O jogo era do Vitória no segundo tempo. O ritmo da Chape caiu muito e o time baiano pressionava a defesa dos catarinenses. Aos 36’, Thiago Carletto cobrou falta, João Ricardo defendeu, no rebote o ataque do Vitória finalizou e o goleiro da Chape defendeu novamente. Três minutos depois, em novo ataque do time baiano, Thiago Carletto cruzou na área e sem marcação Léo Ceará cabeceou, mas a bola foi para fora.

Fim de jogo na Arena Condá. Chapecoense tropeça em casa e não assume a liderança da Série B. Chapecoense 1, Vitória 1.

Com o empate, o Verdão subiu para os 30 pontos, dois a menos que o líder Cuiabá. A Chapecoense volta a campo na próxima terça-feira (20), contra a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Chapecoense x Vitória

Local: Arena Condá, Chapecó (SC)

Data: 17 de Outubro de 2020, Sábado

Horário: 16h (horário de Brasília)

Árbitro: Alexandre Vargas Tavares de Jesus (CBF/RJ)

Assistentes: Diogo Carvalho Silva (CBF/RJ) e Daniel de Oliveira Alves Pereira (CBF/RJ)

Chapecoense: João Ricardo 1; Guedes 23, Joílson 33, Luiz Otávio 3 e Busanello 90; Willian 29 e Evandro 21 (Lima 32); Felipe Garcia 46 (Lucas Tocantins 19), Paulinho Moccelin 94 (Régis 83), Aylon 18 (Vini Locatelli 10) e Anselmo Ramon 9. Técnico: Umberto Louzer.

Vitória: Ronaldo 1; L. Silva 26, João Victor 28, Maurício Ramos 4 e Carleto 50; G. Magrão 8 (Lucas Cândido 15), G. Rend 6 (Gabriel Furtado 45) e Marcelinho 84 (Juninho Quixadá 18); Alisson Farias 10 (Rafael Carioca 35), Ewandro 77 (Vico 11) e Leo Ceará 9. Técnico: Eduardo Barroca

Cartão Amarelo: Anselmo Ramon (CHA), Maurício Ramos (VIT) e Busanello (CHA).

Gol: Paulinho Moccelin (CHA) e Thiago Carletto (VIT).

Fonte: Clic RDC

Recomendar correção

CORREÇÕES

voltar