NO AR!

Festerê da Nova

Com Alex Junior

Família dispensou saco encontrado em cemitério após organizar túmulo de falecido, diz agente funerário

09 de Outubro de 2019 15:00

O saco encontrado na tarde desta terça-feira, dia 8, no cemitério de Ponte Serrada, foi deixado pelos próprios familiares de uma pessoa que está sepultada no local, informou ao Oeste Mais o agente funerário Jaiso Sundstron (Piti).
Segundo ele, a família abriu o túmulo para colocar os restos mortais em uma caixinha dentro da própria sepultura, tirando e dispensando a roupa do cadáver no saco localizado no cemitério.
O procedimento ocorreu na manhã do último domingo, dia 6. “O cabelo se desprende do crânio, por isso que tem aquelas mechinhas de cabelo, mas nenhum resto mortal ficou no saco”, explica.
“Eu conheço a família e respeito muito, por ser uma família ponteserradense antiga. Na inocência, sem saber o que fazer com o saco, a família deixou no lixo”, acrescenta Piti.

Comentários

O agente lamenta alguns comentários que surgiram nas redes sociais. Segundo ele, muitos chegaram a dizer que a própria funerária havia deixado o saco no local. “Eu conheço a família, eles me disseram que iam tirar e acabaram deixando aquele saco ali”, reforça.
O material estava em um local próximo ao Ginásio de Esportes Jorge Konder Bornhausen, na parte dos fundos do cemitério, onde costumeiramente são deixados lixos e entulhos para serem recolhidos pela prefeitura.
“É o meu nome, o nome da funerária que está em jogo. O pessoal não pode fazer esse tipo de comentário sem nenhuma noção”, desabafa Piti. “Foi a própria família que mexeu, não tem nada a ver com a funerária”, conclui.

Fonte: Oeste Mais

Recomendar correção

CORREÇÕES

voltar