NO AR!

Toca Brasil I Ed...

Nova Fm

Peça seu sucesso!

OUÇA AGORA!

Hoje, 22 de Setembro de 2018

Por que se dirige do lado esquerdo no Reino Unido e em outros 55 países do mundo?

A ideia foi refutada por motivos de custo e de segurança

13 de Fevereiro de 2018 14:00

Por que se dirige do lado esquerdo no Reino Unido? "Essa é uma pergunta que sempre me fazem", diz o britânico Gareth Edmunds, de 59 anos, que vive em Bristol, no oeste da Inglaterra, e é dono de um alojamento para estudantes estrangeiros. "Quando saio com eles, percebo que ficam assustados quando veem outro carro se aproximando pela direita; acham que vamos bater", conta.

A realidade não é exclusiva da Inglaterra: em outros 55 países e territórios na Ásia, África, Europa, Oceania ou nas Américas, segundo o levantamento Ways of the World: A History of the World's Roads and the Vehicles that Used Them ("Caminhos do Mundo: Uma história das estradas do mundo e os veículos que usam eles", em tradução livre), também se dirige do lado esquerdo.

Entre eles, ex-colônias britânicas são, previsivelmente, maioria - representando, no total, quase dois terços da população mundial. No início do século 20, muitas dessas antigas colônias, depois de se tornarem independentes, preferiram passar a dirigir do lado direito, mas, em outras, a tradição herdada dos colonizadores permaneceu. Na prática, segundo um estudo da Universidade de Frankfurt, na Alemanha, um quarto das estradas em todo o mundo foi construída para carros com o volante do lado direito.

Mas de onde vem essa antiga tradição?

"Minha teoria é de que isso tem a ver com os tempos remotos nos quais, se um estranho se aproximasse de você, você se deslocaria para a esquerda, de modo a não baixar a guarda, uma vez que sua arma seria empunhada do lado direito", especula Edmunds. Essa hipótese é compartilhada por Stephen Laing, curador do British Motor Museum, que possui a maior coleção do mundo de carros históricos britânicos.

Com o desenvolvimento urbano, os cavalos e as carruagens continuaram a trafegar do lado esquerdo. Quando os carros apareceram, eram considerados carruagens sem cavalos, então também passaram a circular no lado esquerdo. Giles Chapman, que escreve sobre automóveis, diz que o British Roads Act de 1835 (uma espécie de Código de Trânsito) estabeleceu por lei que se dirigiria do lado esquerdo no Reino Unido e em suas colônias.

"A regra foi exportada, por exemplo, para o Japão, onde os engenheiros britânicos planejaram que as ferrovias do país fossem conduzidas pela esquerda, o que levou ao estabelecimento de uma regra semelhante para os veículos que trafegavam nas estradas", explica.

Por que outros países dirigem do lado direito? No final de 1700, a maior parte do mundo também dirigia do lado esquerdo. Pessoas tradicionalmente ricas dirigiam suas carruagens do lado esquerdo, mas com a chegada da Revolução Francesa, muitos deles passaram a querer se misturar com as classes mais baixas, então começaram a dirigir no centro ou do lado direito.

Muitos países da Europa acabaram seguindo o exemplo da França. Esse também foi o caso dos Estados Unidos que, embora colonizados pelos britânicos, não dirigem do lado esquerdo. Ainda em 1700, as carroças puxadas por vários pares de cavalos começaram a ganhar popularidade na então colônia britânica, explica o escritor Fraser McAlpine, especialista em cultura popular.

Não havia assento para o condutor, que se sentava no último cavalo do lado esquerdo, uma vez que habitualmente segurava o chicote com a mão direita. Além disso, por estar sentado à esquerda, naturalmente preferia que outras carroças passassem por esse lado de forma a garantir uma distância segura das rodas de carroças que vinham no sentido contrário.
Transitar pelo lado direito da estrada lhe possibilitava isso.

Fonte: G1 Auto Esporte

Recomendar correção

CORREÇÕES

voltar