NO AR!

Madrugada da Nov...

Nova Fm

Peça seu sucesso!

OUÇA AGORA!

Hoje, 25 de Novembro de 2017

Geromel fica fora de treino, mas Renato espera até "último minuto" por dupla

Técnico diz que zagueiro e Luan ainda têm chances de jogar contra o Botafogo, nesta quarta-feira, às 21h45, no Nilton Santos, mesmo fora do último trabalho

13 de Setembro de 2017 07:00

Apesar de afirmar que já tem o time confirmado em sua cabeça, Renato Gaúcho diz que vai esperar até o último minutos antes do jogo com o Botafogo, no Nilton Santos, por Pedro Geromel e Luan. Os dois ficaram fora do treino da tarde desta terça, no palco da partida das 21h45 de quarta-feira, pelas quartas de final da Libertadores. O zagueiro apenas correu no gramado e não fez a mesma atividade com os companheiros.
Conforme o GloboEsporte.com apurou, Luan está fora do jogo e será preparado para o confronto de volta, em Porto Alegre, na semana que vem. No entanto, Renato disse que há chance dele atuar, mesmo que não tenha treinado nenhuma vez desde a chegada ao Rio de Janeiro, na quinta-feira da semana passada.
Geromel participou dos trabalhos anteriores, mas nesta terça apenas fez uma corrida no gramado. Entrou depois dos colegas no campo, acompanhado do fisioterapeuta Ingrael do Amaral, após atividade diferente no vestiário. Fez exercícios leves e depois apenas observou o recreativo. Conversou com o auxiliar Alexandre Mendes e com o médico Felipe do Canto.
– Ninguém está descartado nem confirmado. Vamos aguardar até amanhã. Vocês vão saber amanhã (quarta) quem vai começar. O Luan ficou no hotel, mas tem chance. Às vezes o jogador não treina com bola, mas faz outro tipo de trabalho. Geromel treinou com bola, às vezes dependendo do jogador, precisa esperar até o último minuto. É o caso dos dois jogadores, temos mais um dia pela frente. Na minha cabeça não tem dúvida, mas para vocês vão saber uma hora antes. Importante é estar todo mundo aqui, concentrado – disse Renato em entrevista coletiva.
Se Geromel não entrar em campo, Bressan continua no time ao lado de Kannemann, como foi já nos últimos três jogos, inclusive na semifinal da Copa do Brasil, contra o Cruzeiro. No meio-campo, sem Michel, a tendência é que Jailson seja o escolhido.

Fonte: GLOBO ESPORTE

Recomendar correção

CORREÇÕES

voltar